top of page
Buscar

O seu corpo não é seu

O coração do ser humano é uma fábrica de ídolos, como diz Calvino, e sempre está criando um novo para seguir e colocar seus pensamentos e esperanças. Um desses ídolos pode ser o nosso corpo, por meio da preocupação excessiva com a nossa aparência, com o que vestir, de como as pessoas vão nos olhar, entre outros.


Quem nunca se preocupou com o que os outros estavam pensando sobre sua aparência ou sobre o que você estava vestido? Ou ainda, quem nunca começou na academia para que os outros o elogiassem e não para se cuidar de fato? Esses questionamentos só nos tiram a dependência e a esperança que deveriam estar no nosso Criador. Ao ter algum deles, precisamos nos colocar em alerta, porque nosso coração pode estar criando um ídolo. Mas a questão que fica é: como saber que a minha aparência se tornou um ídolo no meu coração?


Simples, primeiramente precisamos ver em que estamos depositando mais nosso tempo, se é no cuidado com o corpo ou no nosso relacionamento com Deus. Será que não estamos gastando mais tempo na academia do que pensando em Deus? Ou será que estamos gastando mais tempo tratando o nosso corpo do que o nosso Espírito? Temos gastado mais tempo nos arrumando e nos vestindo do que lendo e aprendendo sobre a palavra de Deus? Essas são questões que nós sempre precisamos refletir para, assim, analisarmos nosso coração.


Um segundo ponto para pensar é em quem temos colocado a nossa confiança. Tem sido em roupas, no nosso próprio corpo, ou em Deus? Cristo diz, em Mateus 6.30, que não precisamos nos preocupar com que vestimos, pois Deus providenciará o necessário. Então, é nEle que deve que estar nossa confiança, e não em nós mesmos.


Isso não quer dizer que a Bíblia não nos incentiva a cuidar do corpo e nem que ela critica a prática de exercícios físicos. Pelo contrário, precisamos nos exercitar, porque, além de nosso corpo ser um presente dado por Deus, ele é templo do Espírito Santo (1 Coríntios 6:19-20).


Por isso, precisamos lembrar que fomos comprados por alto preço. Portanto, temos que glorificar a Deus com o nosso corpo, não o amando e nem dando a ele mais importância do que a Deus.



7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page