top of page
Buscar

Rumo à eternidade

Já parou para pensar qual foi o sentimento dos discípulos depois que Jesus morreu? Ou de Paulo quando estava sendo perseguido? Ou ainda o de Estevão que estava preso e prestes a ser morto? Todos esses estavam tristes, angustiados, preocupados, e em situações difíceis, mas sabiam que no futuro existe esperança!


A caminhada cristã não será fácil. Terá várias responsabilidades, tristezas e ansiedades, mas como toda caminhada tem um fim, a cristã não é diferente. Ela também possui um final.


‭A vida cristã é tudo que vivemos na terra, enquanto a chegada será a vida eterna que, só terá, quem crê em Jesus Cristo. É um processo de negar a si mesmo e buscar como padrão e modelo a vida de Cristo. Em ‭Marcos 8.34, percebemos que uma vida em Cristo exige de nós a renúncia dos nossos desejos pessoais, para vivermos como nos é aconselhado em Gálatas 2.20:


"Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim."


Esse desafio de viver em Cristo, e não em nós mesmos, é algo que irá causar desespero, vontade de desistir e várias outras questões, mas é nesse momento que precisamos lembrar da chegada. Um corredor durante uma corrida fica com dores, ofegante e com dificuldade para andar, mas quando vê a linha de chegada, continua e dá tudo de si!


Assim deve ser nossa vida quando estivermos em momentos difíceis! Precisamos olhar para o futuro e nos alegrarmos com a maravilhosa vida eterna que nos espera; e esta alegria e esperança nos darão motivação durante corrida, para assim, quando chegarmos no fim dela, podermos falar o mesmo que Paulo:


"Lutei o bom combate, terminei a corrida e permaneci fiel. Agora o prêmio me espera, a coroa de justiça que o Senhor, o justo Juiz, me dará no dia de sua volta. E o prêmio não será só para mim, mas para todos que, com grande expectativa, aguardam a sua vinda." - 2 Timóteo 4:7-8


Portanto, quando o caminho parecer difícil, apertado e estreito, olhe para frente e veja a linha de chegada e, assim, não perderá o foco. Dê o seu máximo, pois a cruz que carregamos agora não chega aos pés da coroa que ganharemos nos céus!



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page